top of page

GAU025 Modelagem Paramétrica

Sextas-feiras, das 08h50 às 12h20 na Sala 216 do Edifício 5O-B do Campus Santa Mônica da Universidade Federal de Uberlândia 

microsoft-teams-logo-1.png
google sheets.png

A01
Apresentação da disciplina e conceitos fundamentais
Nesta aula apresenta-se a disciplina e seus principais conceitos, a partir da evolução ao longo da história, desde a noção de complexidade e emergência de origens biológicas. A partir de pontos cruciais da história, como o invento do CAD, por Ivan Sutherland, nos anos 1960; o desenvolvimento da noção de Building Information Modeling por Charles Eastman, nos anos 1970; e o desenvolvimento do aplicativo Digital Project, pela Gehry Technologies nos anos 1990; discute-se as tendências futuras da computação aplicada ao projeto de edifícios.
 



Links

A01: Plano de ensino

YTB: Introdução ao BIM
PDF: BIM na história
WEB: Building Smart
PDF: Decreto 10.306
PDF: NBR 13532

PDF: Projeto de residência LM
WEB: Imagens do projeto LM
WEB
: Download do ArchiCAD
PDF: Atalhos do ArchiCAD
YTB: Interface [Ba]
YTB: Personalizar interface [Ex]


A02
Lajes
Lajes são elementos planos bidimensionais, dos quais o comprimento e a largura são da mesma ordem de grandeza e muito maiores que a espessura. Também são chamadas de elementos de superfície ou placas. Em geral, as lajes podem ser de concreto armado ou protendido, de madeira ou aço.​ Nesta aula serão apresentados conceitos fundamentais sobre as lajes e sua interface entre pavimentos de uma edificação, modelando-as em ambiente Building Information Modeling.
 

Links

A02: Lajes

PDF: Laje alveolar
PDF: Nervurada unidirecional
PDF: Nervurada bidirecional
PDF: Steel Deck
YTB: Laje [Be]
YTB: Lajes nervuradas [Hb]
YTB: Lajes alveolares [Hb]
YTB: Edição de lajes [Ba]

A03
Paredes (vedações)
Uma parede é um elemento arquitetônico cuja função é a divisão ou vedação dos espaços. Pode também ser usada para resistir a esforços verticais, neste caso chamada de parede estrutural. As paredes podem ser de tijolos, gesso (drywall), concreto, pedra, barro ou algum outro elemento que permita resistência a construção. Normalmente, paredes de gesso têm por função específica apenas a divisão interna de ambientes.
 


Links

A03: Paredes

YTB: Paredes [Be]
YTB: Junções de paredes [Ba]
YTB: Representar paredes [Hb]
YTB: Quantitativos/blocos [Ba]
YTB
: Rastreamento e Ref. [Sb]
PDFBlocos cerâmicos

PDFBlocos de concreto

A04
Aberturas
Esquadria é a denominação das estruturas responsáveis por fechamento de vãos como janelas, portas, portões, venezianas, etc. A indústria oferece diversos tipos de esquadrias pré-fabricadas que utilizam materiais como PVC, ferro, alumínio, madeira e até mesmo de vidro. Nesta aula serão demonstrados os elementos básicos das esquadrias, modelando e caracterizando as mesmas em plataformas Building Information Modeling.
 


Links

A04: Aberturas

PDF: Elementos básicos
PDF: Portas de madeira
PDFDetalhamento esquadria
PDF
: Portas de alumínio
YTB: Portas e janelas [Ba]
YTB
: Portas e janelas [Be]
YTB: Esquadrias person. [Ba]
YTB: Portas person. [Ba]
YTB
: Portas person. [Hb]

A05
Escadas
Escadas são séries de degraus pelos quais se sobe ou se desce. O degrau é composto do piso e do espelho. O piso, também conhecido como passo ou cobertor, e a lâmina horizontal do degrau que é pisada. O comprimento do piso é medido desde a margem externa do degrau ao espelho vertical entre degraus. O passo do degrau deve ser de 1/6 da estatura média das pessoas que a utilizarem. O espelho é a porção vertical do degrau e pode estar ausente para um efeito de escada "aberta". A altura do espelho está baseada na estatura média das pessoas que utilizarão a escada, sendo definido pelas equação de blondel 2e + p = 62. O valor deve ficar entre 16,0 centímetros e 18,5 centímetros. Nesta aula serão desenvolvidas escadas no ambiente Building Information Modeling.


Links

A05: Aberturas

PDF: NBR 9050: 2020
YTB: Escadas [Be]
YTB: Escadas I [Ba]
YTB
: Escadas II [Ba]
YTB: Escadas em U [Hb]
YTB: Rodapé de escadas
 [Ei]

bottom of page